Viagem: Fim de Semana em Ilhabela

Viagem

Aproveitei o feriado de Tiradentes para um banho de mar. Fomos eu, o And e meus avós, de carro, para Ilhabela. No caminho demos uma ~passadinha~ em Aparecida. Foi um final de semana delicioso e que queremos repetir mais vezes. Mesmo com o tempo apertado, deu pra fazer muita coisa! Banho de mar, cachoeira, descansar bastante e ainda sobrou muito para conhecer na próxima visita, que com certeza vai acontecer.

dicas-ilhabela-jessica-vai-menina

Para calcular gasolina e pedágios usamos o Mapeia, que dá calcula os gastos com pedágios e combustível. O resultado final foi bem próximo da previsão do site e foi bom para nos organizarmos com a grana. Nos hospedamos pelo Airbnb, um site que conecta viajantes e moradores que alugam suas casas. Foi muito positivo e vai ter um post só pra contar as vantagens. Adianto que vivemos como moradores, tivemos facilidades que não rolariam em hotel e o preço foi suuuper custo-benê 😀

Quer ganhar R$85,00 de desconto no Airbnb para usar em qualquer cidade? Clique aqui!

Para chegar a Ilhabela é preciso cruzar o mar de balsa em São Sebastião, mais informações aqui. Moscamos na ida, pois poderíamos ter usado a fila preferencial por conta dos meus avós, já que a comum estava longa. Considere a espera para marcar seu check-in, em finais de semana e feriados prolongados não tem mesmo o que fazer, prepare-se. Quer dizer, até tem a opção de agendar, mas o valor pago é muito alto e não achamos que compensaria. A travessia em si é rápida, nós pegamos o pôr do sol enquanto estávamos na balsa e foi bem bonito 🙂

Pôr do sol na balsa
Pôr do sol na balsa

A cidade é tranquila, exceto pelos ciclistas. Eles ficam meio desesperados se tem algum pedestre na calçada, mesmo que não seja ciclovia. Levei algumas buzinadas rs. Como estávamos de carro, foi bem tranquilo para locomoção dentro da ilha, mas vi muitos pontos de ônibus que levam às praias, museus e outros atrativos; também há muitas agências de turismo com passeios que te pegam e devolvem na porta do hotel. Não fizemos nenhum, então não consigo recomendar, mas é sempre legal pegar dicas com a recepção do hotel, as vezes eles tem convênios e você ganha desconto.

fim-de-semana-em-ilhabela-mar

fim-de-semana-em-ilhabela-vila-deck

fim-de-semana-em-ilhabela-mar-pedras

A única coisa negativa da viagem foi o ataque dos borrachudos, mosquitinhos que me picaram na cachoeira e deixaram marcas doloridas mais de 1 semana depois. Eu descobri esse ~perigo~ pesquisando sobre Ilhabela e fiz aloka do repelente. Passava o tempo todo, em mim e nos companheiros de viagem, mas não adiantou. Meu sangue doce foi o único que atraiu os bichinhos, e ainda teve uma reação alérgica que tratei com pomada indicada por uma farmacêutica lá mesmo. Ela também indicou um repelente em creme da marca Zaz. Não voltei a cachoeira pra testar, rs, mas fica a dica. Foi chato, coçava demaaais, (as marquinhas ficaram por mais de três meses depois) mas não tirou o brilho da viagem.

fim-de-semana-em-ilhabela-pedras-jessica

fim-de-semana-em-ilhabela-pedras

Onde comer em Ilhabela
Fizemos uma comprinha no Supermercado do Frade (aceita ticket \o/) e garantimos café da manhã e um almoço, além de muita água.
Comendo fora, tivemos uma experiência ruim com barraca de praia (atendimento lento, faltando itens no pedido, comida fria, totalmente desorganizado), mas também tivemos boas experiências. Quero indicar um quiosque na praia, uma lanchonete no centro histórico e uma pizzaria delivery honestíssima.

Pelicano
Esse quiosque foi indicação do nosso anfitrião e valeu a pena. Cervejinha e uma baciada de camarão e batatinha frita, foi nosso jantar na primeira noite. Curti a caipirinha de limão com gengibre, pena que era muito pequena. Ele é do hotel na frente, com mesmo nome, e muitos hóspedes vão encerrar a noite por lá.

onde-comer-ilhabela-pelicano

Pizzaria Ilha 10
Delivery delicioso, também indicação do anfitrião, leva máquina de cartão. Comemos uma com bacon e tomate picadinho, não lembro o nome mas estava maravilhosa! Também pedimos esfirras para o café da manhã, eram ok. Entre as duas, prefira as pizzas.

Borrachudo
Os bichinhos mandam mesmo na ilha hahaha! Hamburgueria super recomendada (TripAdvisor, Guia 4 Rodas, Veja Comer…). Preço super ok, o mesmo das hamburguerias da minha cidade. Prove o de costela com cebola caramelizada no vinho e batatas rústicas, amor a primeira mordida. Também tivemos um probleminha com atendimento. Um garçom esqueceu de avisar que meu pedido não estava disponível, mas o dono do local resolveu isso quando percebeu o erro e compensou com um lanche free.

fim-de-semana-em-ilhabela-borrachudo-hamburgueria

O que Fazer em Ilhabela
A parte mais bonita e intocada da ilha fica voltada para o mar aberto (Praias de Castelhanos, Bonete e algumas cachoeiras, como a do gato). Para chegar lá, só de barco ou 4×4, um passeio que dura o dia todo e sai em média R$90,00 por pessoa. Acredito que valha a pena, mas preferimos não fazer por conta do pouco tempo e por termos um carro para conhecer a parte pavimentada. Nossa casa também tinha um atrativo, um rio com cachoeira que corria ao fundo. Super relaxante, ficamos uma tarde por lá só curtindo o barulhinho da água.

Quintal de casa
Quintal de casa

fim-de-semana-em-ilhabela-descansar

Museu Náutico, Museu da Usina e Cachoeira da Água Branca
Esse passeio é um super combo. Quem gosta de física, engenharia e motores (tem quem curte, eu sei) vai se realizar com a estrutura que gerava energia elétrica para toda a ilha, e funcionou até 2002. Já quem gosta de navegação, piratas e história vai pirar vendo os artefatos encontrados em naufrágios – o principal foi o Príncipe das Astúrias, que naufragou na mesma época que o Titanic, na costa brasileira. Porcelanas, aparelhos de navegação, objetos pessoais dos passageiros e muita história! Caminhando um pouquinho a partir do museu você chega à cachoeira. A água é limpa (e gelada), boa para banho. Apenas tome cuidado com os já citados borrachudos, que chegam invisíveis e machucam um bocado caso inflame, como foi comigo.

fim-de-semana-em-ilhabela-museu-nauticomuseu-nautico-ilhabela-vai-menina

fim-de-semana-em-ilhabela-museu-artefatos-naufragio
Itens resgatados de um naufrágio

museu-nautico-ilhabela-artefatos museu-nautico-ilhabela-navio-naufragio

Cachoeira da Água Brancafim-de-semana-em-ilhabela-cachoeirafim-de-semana-em-ilhabela-cachoeira-vai-menina

Roteiro: Fim de semana em Ilhabela
Quinta-feita: Passamos a manhã em Aparecida. Viajamos o dia todo, cruzamos a balsa e chegamos na ilha no final da tarde. Conhecemos a casa, nos instalamos e fizemos mercado. Depois, uma voltinha na praia do Perequê, com jantar no Pelicano.

Sexta-feira: Esse dia rendeu! Fomos de carro até a ponta sul da ilha, na Praia do Veloso. A praia é de pedras, bem bonita para fotografar. Voltando em direção ao centro descemos para a praia da Feiticeira. Lá tomamos banho de mar, com ondas bem tranquilas. Almoçamos em uma barraca meio fuén, e voltamos pro carro. Eu queria ir no Museu Náutico, e o And no Museu da Usina. Por sorte, os dois ficamo no mesmo lugar, a antiga usina Água Branca haha. É bem sinalizado e a entrada é gratuita. Lá também fica uma cachoeira linda, a trilha não dá 5 minutos. Foi lá que os borrachudos me encontraram :/
De lá fomos conhecer o centro histórico e jantamos no Borrachudo, ironia do destino. Também fomos ao píer municipal, um passeio tranquilinho, ver os pescadores trabalhando.

Sábado: Almoçamos em casa e usamos a tarde para relaxar por lá, curtindo a cachoeira. Saímos depois para o último pôr do sol na ilha, no centro histórico. Nos despedimos do mar em um banho noturno na praia do Perequê, o mar mais tranquilo que já vi! Pedimos pizza em casa, arrumamos as malas e partimos ainda de noite.

fim-de-semana-em-ilhabela-carro

Esse fim de semana em Ilhabela foi delicioso e mesmo com pouco tempo conseguimos aproveitar demais. A cidade é linda, dá vontade de morar por lá! Espero que as dicas sejam úteis. Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários 🙂

Beijos, e até o próximo post!

Sobre Jéssica Ambrósio

Publicitária, bailarina e cacheada. Adoro escrever e estou descobrindo as delícias de viajar. Tudo no custo-benê, claro.

Deixe seu comentário

Comentários